A REUNIDA RAFARD EM PARCERIA COM A PREFEITURA E CÂMARA DE RAFARD LANÇAM “ACENDA A LUZ AZUL”

A REUNIDA RAFARD EM PARCERIA COM A PREFEITURA E CÂMARA DE RAFARD LANÇAM “ACENDA A LUZ AZUL”

No ano de 2021, as Conselheiras Municipais da Reunida ( Rede Unificada Nacional e Internacional pelos Direitos dos Autistas), a Ana Hessielbart, mãe atípica do Felipe, autista adulto de alto funcionamento e Adriana Guimarães, mãe atípica de um autista não oralizado, nível 2 de apoio em parceria com a Prefeitura e Câmara de Rafard lançam a campanha “Acenda a Luz Azul”.

As ações fazem parte do movimento mundial “Light it up Blue” , ou “Acenda a luz azul”, que busca chamar a atenção para a condição do Autismo e os direitos das pessoas com autismo.

A iniciativa esse ano considera também o período de pandemia e da necessidade de adesão aos protocolos de biosseguranca.

Para aderir a campanha o as Conselheiras Municipais fizeram o convite a Prefeitura e Câmara de Rafard bem como a sociedade a acender uma luz azul, balões azuis ou estender um tecido azul nas suas sacadas e janelas no dia 02 de abril de 2021.

Será feito um chamado pelo Prefeito Fabio Santos convidando a população a essa reflexão.
A data marca o Dia Internacional da pessoa com Autismo e foi instituída pela ONU e reforça a necessidade por solidariedade e inclusão.

Transtorno do Espectro Autista, comumente chamado de Autismo – TEA
é condição que altera neurodesenvolvimento com causa majoritamente genética e tem como características: dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos e estereotipados. A prevalência é 1 a cada 54 pessoas são autistas e a proporção atual é 1 do sexo feminino para 4 do sexo masculino. A tendência é essa proporção diminuir visto que está aumentando a quantidade de médicos especialistas no autismo e na diversidade que essa condição possue, por isso chamado de espectro, pela enorme complexidade.


O tratamento baseado em prática em evidência é a intervenção baseada na ciência Análise do Comportamento Aplicada (ABA). Essa ciência através dos profissionais qualificados fazem avaliação funcional utilizando protocolos específicos para cada faixa etária, habilidades a serem observadas, níveis de apoio e níveis de estruturação de ambiente e materiais. Com essa avaliação funcional e multidisciplinar cria se uma linha de base para analisar a evolução de tempos em tempos com ele mesmo. A eficiência dessa intervenção se dá pela intensidade e assiduidade bem como a experiência prática e quem está supervisionando ( de preferência que tenha certificação internacional BCBA).
Uma boa intervenção deve seguir as 7 dimensões da ABA:

📍Aplicada: com o objetivo de melhorar a qualidade de vida naquele momento. Que tenha um significado importante na vida;

📍Comportamental: lidar com o Comportamento de forma objetiva, medindo, avaliando, registrando pois só assim com esses dados poderá verificar se há evolução e caso não houve replanejar a intervenção sempre que necessário ( por isso de tempos em tempos, média de uns 3 meses sempre bom analisar os dados comparando com a linha de base – a avaliação inicial);

📍Conceitualmente sistemática: irá se basear na literatura sobre o tema ( habilidade a ser adquirida, comportamento que está prejudicando sua forma de se fazer entender…)usar os conceitos da análise experimental do comportamento para facilitar o entendimento de qualquer pessoa que tiver acesso a essas anotações;

📍Tecnológica:saber utilizar palavras claras e objetivas para que os pais, os professores, terapeutas possam replicar o ensino de um comportamento em qualquer circunstância;

📍Generalização: planejar a intervenção de forma que haja aplicação nos mais variados contextos e ambientes, não só na clínica ou na escola ou em casa, mas que leve a nova habilidade para sua vida, sua rotina e utilize sempre que necessário;

📍Analítica: ter a certeza que é a sua intervenção que está sendo a responsável pelo ensino;

📍Eficácia: a garantia que a pessoa aprenda. Se ela não estiver aprendendo é preciso reconhecer que a intervenção é que não é adequada e mudar a estratégia. Porque como sabemos todos os seres humanos aprendem.

Além da Campanha “Acenda a Luz Azul, no dia 09 de abril às 11horas faremos uma live com a Conselheira de Honra, Jornalista, Moderadora da Comunidade Pró- Autismo, mãe do Edinho autista que andou do nível 3( severo) para o 1 ( leve).
Produtor Edison Lopes Cortez responsável pelo Fórum Nacional Autismo Ciências e Reflexões previsto para outubro de 2021 e Diretor da Confederação das Américas responsável pela frente Mister e Miss das Américas Autismo.

“Não é receita de bolo, precisa viver e conhecer para entender, amar e respeitar para aceitar.”( Nadir Mello)

Leia as últimas notícias de Capivari