19 3491-3000 contato@jcrnet.com.br Rua Bento Dias, 275, Centro, Capivari
Resumo semanal do comércio exterior brasileiro

Resumo semanal do comércio exterior brasileiro

O artigo de hoje aborda de forma resumida as notícias mais relevantes que se inseriram no cenário do comércio exterior brasileiro na última semana.

– Um fato recorrente e que ganhou corpo com o novo governo é a questão da privatização do Porto de Santos. O Ministério da Infraestrutura avalia privatizar o Porto de Santos e já antecipou que está descartada a estatização do Porto ou mesmo uma gestão compartilhada entre Estado, Município e União.

– No cenário das exportações, empresas reclamam que a Receita Federal passará a cobrar IOF de recursos remetidos do exterior. O governo até então permitia que, quando a empresa recebe receitas de exportações, esse dinheiro poderia ser mantido no exterior por prazo indeterminado e, quando fosse remetido ao Brasil, não haveria cobrança de IOF.

– A passagem do chanceler brasileiro Ernesto Araújo pelos Estados Unidos, destinada a abrir caminho para a visita do presidente Jair Bolsonaro ao americano Donald Trump, incluiu conversas não só com autoridades americanas, mas também com o setor privado. Parte da agenda do ministro incluiu jantares e encontros organizados por think tanks e empresários, em Washington e em Nova York, no qual Araújo apresentou as perspectivas do governo e ouviu as demandas do setor empresarial. Os encontros não contaram com a participação da imprensa, mas fontes presentes nas reuniões relataram ao Estado o que é o maior interesse do setor privado americano: como um processo de abertura comercial do Brasil irá tomar corpo.

– A guerra comercial entre EUA e China pode render um aumento de mais de US$ 10,5 bilhões para as exportações no Brasil. Tal situação também pode afetar a competitividade de setores de alimentação que usam a soja como insumos, segundo previsão da Organização das Nações Unidas (ONU), em um novo levantamento. O Brasil ainda ganharia US$ 800 milhões em equipamentos de comunicação no mercado americano, além de outros US$ 800 milhões em instrumentos de precisão e US$ 570 milhões em móveis e produtos de madeira.

Se você leitor deseja que seja abordado algum tema específico no mundo do comércio exterior, não hesite em me contatar por e-mail. Sua dúvida, crítica ou sugestão será sempre bem-vinda.

A Intervip Comércio Exterior também está à disposição na prestação de serviços e consultoria em comércio exterior. Oferecemos aos nossos clientes completa assessoria em importação e exportação, com atendimento personalizado e focado em seus negócios internacionais.

Renan Rossi Diez. Diretor na Intervip Comércio Exterior. Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas; Pós-Graduado em Administração de Empresas e MBA em Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais pela IBE-FGV Campinas. Autor do livro Minuto Comex.

 

Contato: renan@portalintervip.com.br

Fechar Menu