19 3491-3000 contato@jcrnet.com.br Rua Bento Dias, 275, Centro, Capivari
Policiais da DISE são homenageados na Câmara de Vereadores de Piracicaba pela atuação na Região

Policiais da DISE são homenageados na Câmara de Vereadores de Piracicaba pela atuação na Região

Os policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) foram homenageados nesta quinta-feira (30) pela atuação no combate ao tráfico de drogas na região. Em março deste ano, os policiais conseguiram prender um “patrão do tráfico” de Rio Claro, que estava residindo no bairro Altos da Pompeia, em Piracicaba. Além do suspeito, os policiais apreenderam outro rapaz que fazia a entrega das drogas e localizaram 38 tijolos de maconha. O autor da moção de aplausos destinada aos policiais foi o presidente da Câmara Gilmar Rotta (MDB). O vereador considerou que a delegacia especializada através de seu delegado titular e equipe de investigação tem papel fundamental no combate ao tráfico de drogas e por consequência à criminalidade na cidade de Piracicaba, ou seja, a droga e o tráfico causam dissabores à sociedade e à família, destruindo lares e vidas.

“O serviço de inteligência da Dise, as operações realizadas em Piracicaba, estas de grande e inquestionável sucesso no combate ao tráfico, com apreensões diversas de cocaína, maconha, LSD, ecstasy, armas, veículos, ou seja, tal fato por si só demostra a importância de uma polícia especializada ao tráfico de drogas”, citou Rotta, em trecho da moção.

A moção de aplausos foi direcionada aos delegados Demétrio Gondim Coelho (responsável pela coordenação da investigação), o Seccional Américo Sidnei Rissato, os investigadores Carlos Roseli de Almeida, Mauro Roberto de Souza Junior, Marcelo Teixeira Mendes Lino de Oliveira, Leonardo Cavalcanti de Oliveira, Daniel Fernandes Minharo e os escrivães Juliana Maria Zandoná e Carlos Alberto de Almeida Prado Ribeiro.

O delegado Demétrios atualmente está afastado da Dise e DIG (Delegacia de Investigações Gerais) por conta do curso para delegado de classe especial (última etapa na carreira) até dezembro deste ano.

“Fiquei muito honrado com a homenagem, mas infelizmente não pude comparecer por conta do curso que participo em São Paulo. A atuação na Dise, nesse caso em Rio das Pedras, foi dos nossos últimos trabalhos nas delegacias especializadas. Com muita satisfação, pude contar com uma equipe vocacionada ao trabalho policial, são policiais que vestem a camisa da Polícia Civil”, disse o delegado.

 

Segundo o delegado, a Dise foi considerada em 2018, a delegacia com maior produção entre as mais de 120 delegacias que fazem parte do Deinter-9 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior). “A Dise e DIG ficaram entre as unidades com maior produção também em 2017”, completou Demétrios.

 

O investigador Marcelo disse que o reconhecimento foi importante para dar mais motivação ao trabalho e continuarem firmes nessa luta contra o crime. “O reconhecimento para nós é a maior das recompensas em nosso desgastante trabalho”, afirmou o policial.

 

Para o investigador Mauro, a homenagem contribui para elevar o nome da centenária instituição. “Sinto-me muito honrado em fazer parte da Polícia Civil paulista, e juntamente com o empenho de meus parceiros podemos fazer a diferença para bem da nossa sociedade, garantindo assim a preservação do estado democrático de direito. Nossa missão é investigar e retirar esses malfeitores de circulação, pois o tráfico de entorpecentes esta diretamente ligado ao crime organizado e temos por obrigação não só prendê-los, mas também garantir que permaneçam presos, através de uma investigação de qualidade”, enfatizou Mauro.

DISE

A Dise foi criada pelo Decreto nº 51.039/06 de 09/08/2006, e o Decreto 34.214/91 (de 19/11/1991). Tem como principal atribuição a investigação, combate ao tráfico de drogas, a DISE Piracicaba é subordinada diretamente ao delegado Seccional de Piracicaba, por esta razão a área de atuação abrange cidades da sub-região (Rio das Pedras, Mombuca, Capivari, Rafard, Elias Fausto, São Pedro, Águas de São Pedro, Charqueada e Santa Maria da Serra).

Fonte: Jornal de Piracicaba
Cristiani Azanha

Fechar Menu