19 3491-3000 contato@jcrnet.com.br Rua Bento Dias, 275, Centro, Capivari
Parte de ponte desaba sobre rio; dois carros caem com acidente

Parte de ponte desaba sobre rio; dois carros caem com acidente

Parte de uma ponte sobre o rio Moju, próximo ao município de Barcarena, no Pará, desabou na madrugada de hoje, informou o Corpo de Bombeiros. O acidente ocorreu por volta de 1h30 e foi causado pela batida de uma balsa de passageiros em um de seus pilares de sustentação. O governo do Pará confirmou no início da tarde que dois carros caíram no rio. Eles estavam passando pela estrutura no momento da queda.

Até agora, os Bombeiros afirmam que não localizaram vítimas do acidente. A corporação realiza buscas desde o início da manhã, mas não há ainda confirmação de mortos ou feridos.

A ponte afetada é a terceira de quatro pontes do complexo Alça Viária construído sobre o rio Moju, próxima ao Trevo do Acará. Ela fica na rodovia PA-483 e ajuda a conectar a região metropolitana de Belém ao interior do estado. Segundo o governo do Pará, o local já “sofreu avarias por constantes choques de embarcações e estava em reparos há cerca de dois meses”.

O piloto da embarcação que atingiu um dos pilares da ponte está desaparecido e é procurado pelas equipes de resgate. Os Bombeiros afirmaram ainda não saber se havia passageiros na balsa.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), fez um sobrevoo de helicóptero sobre a região atingida nesta manhã e lamentou o acidente.

“É um dia triste após esse episódio lamentável. Neste momento, a nossa prioridade é agilizar as buscas pelas vítimas e dar total apoio às suas famílias”, disse o governador, que se reuniu com órgãos da segurança pública para discutir ações para acelerar o resgate das vítimas do acidente.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) vai acionar judicialmente a empresa proprietária da balsa que colidiu com a ponte. Há dois meses, já é realizado trabalho de reparos na ponte que sofreu danos por constantes choques de embarcações.

Ainda segundo o governo, técnicos das secretarias estaduais também se reuniram na sede do Corpo de Bombeiros, em Belém, para definir alternativas e garantir o tráfego de veículos que utilizam a ponte para acessar a capital do Pará e os demais municípios da região.

Fechar Menu